Onda de calor mata quase 500 no Paquistão

A cidade de Karachi é uma das mais atingidas pelo calor

A onda de calor que atinge o Paquistão já provocou a morte de 474 pessoas, informaram as autoridades locais nesta terça-feira (23). A maior parte das mortes foi registrada no hospital de Jinnah, em Karachi, que está entre as principais zonas atingidas pelas altas temperaturas. 

O Departamento de Meteorologia do Paquistão informou que a situação deve melhorar nas próximas 24 horas, quando estão previstas chuvas monsônicas que reduzirão as temperaturas. Na noite passada, em Karachi, os termômetros não abaixaram de 35 graus. (ANSA)