Coreia do Sul tem mais três casos de síndrome respiratória

A Coreia do Sul anunciou nesta terça-feira (23) três novos casos de Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers), elevando para 175 o número de pessoas infectadas desde que foi diagnosticado, em 20 de maio, o primeiro doente no país asiático.

O número de mortos devido ao novo coronavírus mantém-se em 27, informou o Ministério da Saúde de Seul em comunicado.

Um total de 54 dos 175 infectados com o vírus já se recuperou totalmente e teve alta.

O número de pessoas em quarentena foi reduzido hoje para 2.805, mil a menos do que nessa segunda-feira, segundo a Agência Efe.

A taxa de mortalidade do coronavírus na Coreia do Sul está atualmente em 15,4%.

Mais de 90% dos mortos eram pessoas de idade avançada ou sofriam de graves problemas de saúde antes de contrair o vírus.

A Coreia do Sul é, depois da Arábia Saudita, o país com mais casos da doença, que tem 1.200 registros no mundo.