Bomba explode e mata mais de 30 pessoas na Nigéria

Autoridades suspeitam do envolvimento do Boko Haram

Ao menos 31 pessoas morreram e outras 38 ficaram feridas com a explosão de uma bomba na cidade de Yola, na Nigéria. As autoridades acreditam que se trata de mais um ataque do grupo islâmico Boko Haram. 

De acordo com fontes locais, a bomba explodiu próximo a um mercado de Yola, capital do estado de Adamawa, no centro leste do país. O Boko Haram é uma das organizações mais ativas na Nigéria e já assumiu a autoriza de dezenas de atentados. O grupo tenta impor a sharia (lei islâmica) e, para isso, adota práticas extremistas, como sequestros de jovens e explosões. 

Desde o fim de semana, mais de 60 pessoas morreram em ataques em Maiduguri. Segundo especialistas, os atentados são uma resposta à decisão anunciada na sexta-feira (29) pelo presidente Muhammadu Buhari de transferir o quartel general do Exército da capital Abuja para a cidade. (ANSA)