Palestino ataca ônibus e fere 9 em Tel Aviv

Israel considera o ataque um ato de terrorismo

Ao menos nove pessoas ficaram feridas nesta quarta-feira (21), em um ataque contra um ônibus de Tel Aviv. As autoridades locais afirmam que um "terrorista palestino" teria apunhalado os passageiros. O autor do atentado conseguiu escapar, mas foi atingido na perna, posteriormente, por disparos da polícia. Com 23 anos de idade, ele seria originário da Cisjordânia. De acordo com o porta-voz da polícia local, Micky Rosenfeld, cinco vítimas estão em condições graves de saúde. As outras quatro apresentam ferimentos leves.

    O grupo palestino Hamas definiu o ataque como "heróico e corajoso", segundo a imprensa israelense.

    Por sua vez, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou que "o ataque de Tel Aviv é uma consequência direta da venenosa campanha de incitamento do presidente palestino, Mahmoud Abbas, contra os judeus e seu Estado". No ano passado, Israel e militantes do Hamas na Faixa de Gaza se enfrentaram durante quase dois meses, em ataques que deixaram mais de dois mil mortos, sendo quase 700 civis. (ANSA)