Polícia dos EUA mata outro homem negro desarmado

Desta vez o caso aconteceu em Phoenix, capital do Arizona

Mais um homem negro desarmado foi morto pela Polícia dos Estados Unidos, desta vez na cidade de Phoenix, capital do Arizona. O caso ocorreu na última terça-feira (2), mas foi revelado apenas nesta quinta (4).

    A vítima se chama Rumain Brisbon, de 34 anos, e havia sido parada por um agente sob a suspeita de tráfico de drogas. Após uma briga, o policial teria disparado duas vezes contra ele, que tinha nos bolsos apenas algumas pílulas.

    A identidade do suposto atirador não foi revelada, mas segundo o porta-voz da Polícia local, Trent Crump, o agente fez aquilo que se espera dele quando está investigando um crime. Recentemente, dois casos semelhantes, um em Ferguson e outro em Nova York, provocaram revolta nos Estados Unidos.

    Em ambos, homens negros foram mortos desarmados por policiais brancos, que se livraram de penalizações na Justiça. (ANSA)