Mais 16 pessoas são presas por associação mafiosa

Dessa vez, investigadores prenderam membros da Cosa Nostra

Um dia após fazer uma mega operação e prender 40 pessoas ligadas à máfia 'ndrangheta, a polícia italiana prendeu mais 16 pessoas ligadas ao clã de Matteo Messina Denaro, chefe da Cosa Nostra.

    Além de serem acusados de associação à máfia, os detidos também responderão por extorsão, roubo qualificado, sequestro e outros crimes ligados ao clã. As investigações descobriram ainda uma rede de proteção aos chefes do grupo em Palermo - especialmente ligadas aos irmãos Graviano. (ANSA)