Chuvas voltam a causar pânico na Itália

A trégua da chuva na Itália durou pouco tempo. No centro e norte do país, os fortes temporais voltaram a deixar as regiões em estado crítico, neste sábado (15). A Lígúria é a região que mais sofre com as chuvas. Já em Milão, o rio Seveso voltou a transbordar.

As cidades de Rivarolo e Certosa, na Ligúria, voltaram a ser afetadas pela cheia do rio Borzoli e seus afluentes. Parte das cidades foi inundada. Uma tromba d'água destruiu árvores, semáforos e invadiu casas. No oeste de Gênova, capital da Ligúria, o rio Polcevera também transbordou. As linhas ferroviárias entre Gênova e Turim foram fechadas.

Em Milão, na Lombardia, o rio Seveso transbordou. Vendedores ambulantes tiveram que abandonar o local, com apoio das autoridades da Defesa Civil.