Bandido mais famoso da Itália é preso por roubar cuecas

Renato Vallanzasca, o mais famoso bandido da história da Itália, foi condenado a mais 10 meses de prisão por ter tentado roubar duas cuecas e outros objetos de valores mínimos no mês de junho. 

A condenação pelo roubo bizarro pode colocar em risco os benefícios que ele havia conseguido com a Justiça italiana. A juíza Ilaria Simi De Burgis deu uma pena ainda maior do que a pedida pelo procurador de Milão, Angelo Renna. Durante o processo, Vallanzasca estava muito nervoso e pediu para ser retirado da audiência, não ouvindo sequer a sua sentença.

O delito só ocorreu porque em outubro de 2013, Vallanzasca havia obtido o regime de semiliberdade, onde precisava voltar à prisão apenas para dormir. Após o roubo das cuecas, esse direito foi revogado pelo Tribunal de Milão em julho.

O criminoso era o chefe de uma gangue de bandidos que fez inúmeros sequestros na Itália nos anos 1970 e já foi condenado por quatro vezes à prisão perpétua, além de outros 296 anos de pena pelos crimes.