Papa afasta bispo que teve relações com 2 mulheres

Pontífice aceitou pedido de demissão de Kieran Conry

O papa Francisco aceitou a demissão do bispo da diocese de Arundel e Brighton, monsenhor Kieran Conry, neste sábado (04). Conry teve relacionamento com duas mulheres paroquianas, sendo que uma delas é mãe de dois filhos.    

Aos 63 anos e bispo há 13, Conry apresentou sua demissão no dia 27 de setembro, após a imprensa revelar suas "histórias de amor". Ele reconheceu que "foi infiel às promessas como padre católico" e disse que levou "vergonha" à sua diocese e à Igreja Católica.