Edward Snowden é eleito personalidade do ano pelo The Guardian

Edward Snowden, ex-analista da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA), foi escolhido a personalidade do ano pelos leitores do jornal britânico The Guardian. Com a eleição deste ano, pelo segundo ano consecutivo, um "pivô" de um escândalo foi escolhido como personalidade. Em 2012, o primeiro lugar foi ocupado por Brandley Manning, hoje conhecido como Chelsea Manning, ex-soldado americano transexual e acusado de fornecer arquivos secretos dos Estados Unidos ao site de vazamentos Wikileaks. 

Snowden foi escolhido entre dez personalidades e teve 1445 votos. Em segundo lugar, com 314 votos, os ativistas do Greenpeace Marco Weber e Sini Saarela, e em terceiro o papa Francisco, com 153 votos.