David Cameron quer limitar livre circulação na UE

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, quer limitar a livre circulação dentro da União Europeia. Em um artigo publicado nesta quarta-feira (27) no jornal Financial Times, o premier se mostrou preocupado com o aumento da imigração nos últimos anos, sobretudo de pessoas provenientes dos países do leste do continente após seu ingresso no bloco econômico.    

No texto, Cameron destaca a importância de recriar um conceito de liberdade de movimento "mais ponderado" e de aumentar a exigência para o acesso de estrangeiros ao sistema de bem-estar social do Reino Unido. Com isso, seria possível atacar o que ele chama de "turismo de benefícios".    

A posição do primeiro-ministro reflete a preocupação de alguns governos com os efeitos que terá a eliminação em 2014 das restrições para a circulação de cidadãos da Romênia e da Bulgária na União Europeia.