Confrontos em Benghazi deixam ao menos 14 mortos

Confrontos entre militares do governo e militantes do grupo salafita Ansar al-Sharia registrados nesta segunda-feira 25, em Benghazi, na Líbia, deixaram pelo menos 14 mortos e 50 feridos, informou a imprensa local.    

O governador militar da localidade líbia colocou em estado de alerta as tropas do governo em virtude da violência registrada em várias ruas da cidade.    

O grupo Ansar al-Sharia, que apóia a Al-Qaeda, é considerado responsável pelo ataque em 2011 contra o consulado dos Estados Unidos em Benghazi na qual morreu o embaixador norte-americano, Christopher Stevens.