Ex-oficial da SS, Erich Priebke morre aos 100 anos

O ex-oficial da SS Erich Priebke morreu hoje (11), aos 100 anos da idade, informou seu advogado Paolo Giachini.

O advogado anunciou que Priebke deixou uma entrevista escrita e um vídeo, como "testamento humano e político".

Erich Priebke foi um Hauptsturmführer (capitão) da SS -- organização militar ligada ao partido nazista de e a Adolf Hitler -- durante a Segunda Guerra Mundial. Ele viveu cerca de 20 meses como prisioneiro de guerra, mas conseguiu fugir para a Argentina. Priebke morou por décadas no país sul-americano, com seu passaporte alemão. Após ser identificado por uma emissora de televisão, foi extraditado em 1995 à Itália para responder por crimes de guerra.

Em 1998, ele foi condenado à prisão perpétua por participação no Massacre das Fossas Ardeatinas, em Roma, em março de 1944, no qual 335 civis italianos perderam a vida pelas mãos das forças nazistas. O ataque alemão ocorreu em represália pelo atentado de um comando italiano que matou 33 soldados alemães em uma rua da capital italiana.

Devido à idade avançada, ele cumpria prisão domiciliar. (ANSA)