Naufrágio 'é uma vergonha', diz Papa

O papa Francisco classificou hoje (3) como "uma vergonha" o naufrágio que aconteceu próximo da ilha italiana de Lampedusa que deixou ao menos 93 mortos.

    "Penso na palavra vergonha, é uma vergonha!" exclamou o Papa se referindo ao naufrágio, no final do discurso aos participantes de um evento sobre Pacem in terris.

    "Falando de paz, falando da inumana crise econômica mundial, que é um sintoma grande da falta de respeito pelo homem, não posso deixar de lembrar com grande dor as numerosas vítimas de mais um trágico naufrágio que aconteceu hoje próximo a Lampedusa", afirmou Francisco.

    "Rezemos juntos para quem perdeu a vida, homens, mulheres, crianças, para os familiares e para todos os dispersos. Vamos unir nossos esforços para que não se repitam mais tragédias parecidas. Só uma firme colaboração de todos pode ajudar a prevenir", apelou o Pontífice.(ANSA)