Quênia: operação em shopping perto do fim; 2 terroristas mortos

Autoridades quenianas afirmaram nesta segunda-feira que foram mortos dois dos sequestradores que mantêm reféns em um shopping de luxo na capital Nairóbi desde o último sábado. Mais cedo, a informação era de que entre 10 e 15 homens armados estavam no local.

Em entrevista coletiva, o ministro do Interior queniano, Joseph Ole Lenku, confirmou que 62 pessoas morreram e 181 ficaram feridas, incluindo 10 membros das forças de segurança. Menos de 50 pessoas também estariam hospitalizadas. Um balanço feito pela organização Cruz Vemelha aponta para 69 mortos e mais de 60 desaparecidos. 

Lenku também disse que todos os sequestradores são homens, contrariando informações de que haveriam mulheres entre eles. Mas a autoridade reconheceu que alguns deles estavam com trajes femininos.

Ele afirmou ainda que acredita que a operação policial para liberar o shopping dos invasores deve acabar em breve. "Acreditamos que a operação está a ponto de acabar", disse Lenku. "Temos o controle de todos os andares, os terroristas estão fugindo e se escondendo, mas não têm escapatória", completou.

O comandante do Exército do Quênia, Julius Karangi, afirmou que os criminosos que atacam o centro comercial "vêm de diferentes países" e citou o "terrorismo mundial".

O ataque terrorista, que começou no sábado, foi reinvindicado pela milícia radical islâmica Al-Shabab, originária da Somália. Os terroristas ainda mantêm um grupo indeterminado de reféns. 

Segundo a agência EFE, pelo menos três grandes explosões foram ouvidas dentro do shopping Westgate nesta segunda-feira. Se desconhece, por enquanto, se esses fatos significam que o Exército queniano, que tem rodeado o edifício e conta com soldados no interior apoiados por agentes de serviços de inteligência internacionais, conseguiu finalmente render os terroristas. 

Fora da superfície comercial, era possível perceber também um agitado movimento de soldados fortemente armados que pareciam tomar posições, assim como a circulação de um veículo militar blindado.