Mandato da missão da ONU no Iraque é renovado por mais um ano

O Conselho de Segurança estendeu nesta quarta-feira o mandato da Missão das Nações Unidas de Assistência ao Iraque, Unami. A renovação vale até 31 de julho de 2014. Os 15 países que integram o Conselho adotaram a resolução por unanimidade. O órgão pediu ao governo iraquiano que continue fornecendo apoio logístico e de segurança à Unami.

Foi também decidido que o representante especial do secretário-geral para o Iraque e chefe da missão continue seu mandato, no que diz respeito às questões relacionadas a invasão do Iraque ao Kuwait, em 1990.

A renovação do mandado da Unami acontece em um momento de aumento da violência e ataques terroristas no país. O número de civis mortos nessas ações já é o maior desde 2008. Só entre janeiro e abril, 3 mil morreram e mais de 7 mil ficaram feridos.

A Unami tem apoiado o processo de paz iraquiano e ajudou o país durante a criação da nova constituição, em 2005, além das eleições nacionais.

A missão trabalha ainda pela promoção do diálogo, apoia o Parlamento Iraquiano e a promoção de um sistema forte de proteção dos direitos humanos. A Unami ajuda também na melhoria da qualidade de vida da população, nas áreas da saúde, educação, água e saneamento.