Evo Morales aceita desculpas de países europeus 

O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse nesta quarta-feira (24/07) que aceita as desculpas apresentadas pelos governos da França, Espanha, Itália e Portugal. O pedido de desculpas foi pelo episódio que aconteceu no dia dois de julho, envolvendo o avião presidencial da Bolívia. O presidente boliviano acrescentou que "não guarda rancor" pelo fato.

Em nota, Evo Morales disse: "Aceitamos as desculpas dos quatro países como um primeiro passo porque queremos continuar com relações de respeito entre os nossos países, com relações de complementaridade e solidariedade".