Novos confrontos no Egito provocam uma morte e deixam vários feridos

Em mais um dia de confrontos entre simpatizantes do presidente deposto Mouhamed Mursi e os que apoiam o atual governo, na Praça Tahrir, no Cairo, capital do Egito, uma pessoa foi morta e várias ficaram feridas hoje (22). Os manifestantes usaram pedras e espingardas durante os confrontos.

As forças de segurança egípcias responderam com gás lacrimogêneo. Desde que Mursi foi deposto, no último dia 3, a violência no Egito fez mais de uma centena de mortos.

Com a destituição de Mursi pelas Forças Armadas, assumiu interinamente o poder Adly Mansour, presidente da Suprema Corte. Mansour anunciou que serão realizadas eleições em seis meses e que a Constituição vai ser alterada.