Protestos na Turquia registram novos confrontos

Os protestos na Turquia ainda são intensos, depois de 25 dias de manifestações contra o governo, principalmente em Ancara, a capital, e Istambul, a segunda principal cidade do país. Cerca de mil pessoas voltaram a bloquear a principal avenida da capital e foram registrados confrontos com a polícia, que dispersou os manifestantes com jatos de água e com gás lacrimogêneo.

Policiais retiraram o acampamento de manifestantes, durante a ação, seis pessoas ficaram feridas, inclusive dois agentes de segurança. A ação ocorreu em Istambul, onde o último confronto com a polícia ocorreu há quatro dias. Porém, os protestos silenciosos permanecem.

Os protestos na Turquia começaram no último dia 31 com manifestações contra a construção de um centro comercial, no Parque Gezi, em Istambul. Em meio às ações policiais, os protestos se transformaram em manifestações contra o governo e ganharam adesões em todo país. Pelo menos quatro pessoas morreram e mais de 7 mil ficaram feridas.