Militar italiano reconhece suspeito terrorista afegão

O suspeito afegão preso na última terça-feira sob acusação de ter lançado duas bombas contra veículos blindados do Exército italiano, provocando a morte do capitão Giuseppe La Rosa, foi reconhecido por pelo menos um soldado que sobreviveu ao ataque. 

O atentado de ontem aconteceu no mesmo momento em que dois militares italianos que estavam no veículo blindado junto com La Rosa prestavam depoimento ao procurador Francesco Scavo. 

O Ministério Público recolheu as indicações do aspecto físico do afegão suspeito de ter realizado o ataque e agora estaria preparando o pedido de extradição do suposto terrorista.