Casa Branca admite ter espionado milhões de telefonemas nos EUA

Um alto funcionário da administração do presidente dos Estados Unidos (EUA), Barack Obama, confirmou hoje o acesso de dados de ligações telefônicas de milhões de usuários da operadora norte-americana Verizon, por parte da Agência de Segurança Nacional (NSA). 

Em uma nota, o governo de Obama qualificou a medida como "um instrumento fundamental para proteger a nação das ameaças terroristas contra os EUA". 

A NSA teria tido acesso a dados de telefonemas de milhões de usuários de uma das maiores companhias de telefonia do país, com base em uma ordem secreta de um tribunal, emitida em abril deste ano e revelada pela imprensa britânica. 

A ordem da Foreing Inteligence Surveillance Court (FISA), emitida em 25 de abril, pede que a Varizon repasse informações ao governo sobre todas as chamadas telefônicas fornecidas pelos seus sistemas dia a dia, seja no país, como entre os EUA e outros países, informou ontem o jornal The Guardian, que teve acesso ao documento.