Incêndio no metrô de Moscou deixa dezenas de feridos

Um incêndio em uma estação de metrô de Moscou, na Rússia, feriu dezenas de pessoas e provocou a retirada de mais de 4,5 mil passageiros. Ao menos quatro trens ficaram presos nos túneis do sistema ferroviário, segundo informações da agência Russia Today.

Pelo menos 47 pessoas ficaram feridas, mas o número deve aumentar à medida em que os passageiros são retirados e recebem atendimento médico, de acordo com Viktor Biryukov, porta-voz do serviço de emergências da cidade.

Mais pessoas ainda devem ser retiradas de trens que ficaram parados depois do início do incêndio, que aconteceu durante o período de rush matutino na capital russa. Os bombeiros já conseguiram conter o fogo, cuja causa ainda não foi determinada.

Várias estações do metrô da região precisaram ser fechadas, e os passageiros foram orientados a sair e procurar alternativas de transporte para chegar a seus destinos. O tráfego também foi interrompido nos arredores da estação Okhotny Ryad, para facilitar o trabalho das equipes de emergência.