Na N. Zelândia, mãe tranca bebê em carro com bilhete: "fazendo compras"  

A foto de um bebê trancado dentro de um carro com um bilhete assinado pela mãe circula pelas redes sociais e gera grande revolta na Nova Zelândia. A nota, escrita pela perspectiva da criança, diz: "minha mãe está fazendo compras. Ligue para ela se eu precisar de algo" e traz o celular da mãe.

De acordo com informações reproduzidas por internautas, o flagrante foi feito no estacionamento do shopping PaknSave na cidade de Porirua, na Ilha Norte da Nova Zelândia, por volta das 9h do último sábado.

O autor da denúncia diz que estacionou ao lado do carro e ficou chocado com a cena. Ele diz que esperou um pouco ao lado do automóvel, imaginando que a mãe faria compras rápidas. Após alguns minutos de espera, já com outras pessoas ao redor, o homem diz que ligou para o celular do bilhete e falou com a responsável pela criança, que retornou ao local pouco depois.

"Ele parecia um bebê bem cuidado. Como também sou pai, sei como é difícil colocar uma criança para dormir e, com qualquer barulho, ela pode ser acordada. Acho que foi apenas uma decisão idiota de uma mãe cansada", defendeu a primeira testemunha do caso.

A polícia local diz que não pode iniciar uma investigação pois não há nenhum registro oficial de queixa contra a mãe. 

Por outro lado, a assessora nacional de segura de crianças, Sure Campbell, mostrou preocupação com a foto e pede uma punição: "bebês podem desidratar rápido, todos sabem dos perigos. Se uma mãe tem dificuldades para criar seu filho, precisa procurar ajuda, não há outra saída", declarou.