Governo do Japão autoriza acessoà região de Tomioka

O governo do Japão liberou o acesso à região de Tomioka, que fica a 10 quilômetros da Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, no Nordeste do país. A área foi evacuada em 2011, desde o acidente nuclear, e declarada zona parcialmente acessível. Com a medida, as autoridades japonesas querem acelerar a reconstrução da região. Em Tomioka viviam mais de 11 mil habitantes. 

 O prefeito de  Tomioka, Katsuya Endo, demonstrou confiança na retomada da normalidade na área. Desde o acidente nuclear – terremoto seguido por tsunami que provocou vazamentos e explosões radioativas -, apenas o agricultor Naoto Matsumura, de 54 anos, permaneceu no município. 

 Tomioka está no perímetro de acesso proibido, delimitado nos 20 quilômetros da usina. O governo japonês dividiu as áreas consideradas perigosas em três categorias distintas, de acordo com os níveis de radiação.