Papa dispensa papamóvel blindado e troca anel de ouro por prata  

Em mais um símbolo de que planeja ser mais modesto do que os seus antecessores, o papa Franciscou optou por desfilar em um jipe aberto em vez de utilizar o tradicional papamóvel antes da missa que inaugurou oficialmente seu Papado. 

Sem a proteção contra ataques, ele passeou por cerca de 30 minutos pela Praça São Pedro, lotada de fiéis, beijou bebês que lhe foram alcançados e interrompeu o trajeto para descer do veículo e abençoar um homem doente. 

Outra troca feita por Francisco foi o ouro, de seus antecessores, pela prata dourada no Anel do Pescador, um dos símbolos papais. Apesar de o Vaticano não ter informado os motivos pelos quais ele escolheu a prata, e se é o primeiro papa a ter feito tal escolha, a decisão também é uma homenagem à seu país natal, a Argentina. Em latim, "prata" é "argentum" e Argentina significa "terra da prata". 

A austeridade é uma das marcas que Francisco quer empregar a seu papado. Em diversas ocasiões, ele sinalizou o desejo de construir uma Igreja pobre e para os pobres, de certa forma contrariando a pompa que marcou o Pontificado de Bento XVI.

Um dos primeiros sinais de mudança veio já em sua apresentação como Papa, quando optou por vestir apenas por um breve momento a estola papal, capa vermelha decorada com pele que Bento XVI costumava vestir com frequência. "O Carnaval acabou!", teria dito ao Mestre de Cerimônias do Conclave.