Papa: Roma espera mais de 1 milhão de pessoas em missa inaugural

CIDADE DO VATICANO - O governo de Roma disse nesta sexta-feira que mais de um milhão de pessoas são esperadas para a missa que inaugurará o Pontificado do papa Francisco, marcada para a próxima terça-feira.

Segundo as estimativas locais, grande parte dos fiéis deve ser da América do Sul, já que o cardeal Jorge Mario Bergoglio, eleito Papa na última quarta-feira, é argentino.

Também hoje, o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, disse que todos os chefes de Estado e de Governo são "bem-vindos" à missa, mas destacou que não foi feito "nenhum convite específico" por parte da Santa Sé.     Segundo ele, "são bem-vindos até aqueles que não têm relações diplomáticas com a Santa Sé".

A missa está prevista para começar às 9h30 de Roma (5h30 no horário de Brasília). A presidente Dilma Rousseff, assim como outras lideranças latino-americanas, já confirmou presença.