EUA considera improvável ataque nuclear norte-coreano

NOVA YORK - O chefe do serviço secreto norte-americano, James Clapper, afirmou que é pouco provável que a Coreia do Norte utilize armas nucleares contra os Estados Unidos ou contra seus aliados.

Segundo Clapper, os norte-coreanos usariam bombas atômicas somente se tiver que confrontar com uma ameaça considerada séria contra o regime do presidente Kim Jong-Un. "Nós não sabemos qual é essa linha vermelha para o regime norte-coreano", alegou o chefe do serviço secreto.

A Coreia do Norte anunciou que considera "completamente nulo" o armistício de 1953 com a Coreia do Sul por causa da das manobras militares conjuntas de Washington e Seul.

Os Estados Unidos e a Coreia do Sul realizaram as manobras militares "Key Resolve", considerados por Pyongyang como uma "provocação" e o prelúdio para "uma verdadeira invasão".

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais