Em Cuba, núncio celebra missa para agradecer Bento XVI

HAVANA - O núncio apostólico de Cuba, Bruno Musaró, disse que os cubanos admiram "a profunda humildade e o grande valor" do papa Bento XVI.

"Sim, ficamos surpresos e também entristecidos pela inesperada notícia [da renúncia], mas, ao mesmo tempo, admiramos a profunda humildade e o grane valor do Papa", disse Musaró, em uma missa celebrada ontem em homenagem ao Pontificado de Joseph Ratzinger. 

"A humildade, efetivamente, junto com o luminoso e valente magistério, tem sido a característica de seu Pontificado. Queremos dar graças a Deus por nos ter presenteado com estes quase oito anos e a ele por seu fecundo ministério Petrino", disse o núncio.

O arcebispo de Havana, cardeal Jaime Ortega, não esteve na missa porque viajou para o Vaticano para participar do conclave que elegerá o novo Papa.