Putin assina lei que proíbe fumar em público na Rússia a partir de junho

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou nesta segunda-feira uma lei que proíbe o fumo em locais públicos do país. A lei, que entrará em vigor no dia 1º de junho, restringe o uso do tabaco em restaurantes, hotéis, estações de transporte público e locais de trabalho, segundo a rede BBC.

O governo fez da redução do fumo uma de suas grandes apostas para melhorar a situação da saúde pública na Rússia, país que tem um dos maiores índices de fumantes do mundo, com cerca de 40% da população considerada fumante.

A lei passou pela aprovação do Parlamento no início do mês. Após a entrada em vigor, será proibido fumar a menos de 15 metros da entrada de estações, aeroportos e portos, locais de trabalho, parques infantis e praias. Exatamente um ano depois, ficará proibido também fumar em trens e navios de viagem de longa distância, hotéis, restaurantes, bares, cafés, mercados e estações de metrô.

O preço de venda do cigarro também será regulado por meio da nova lei, que segue algumas recomendações da Organização Mundial de Saúde.