Berlusconi revela admiração por Bento XVI

O ex-premier italiano Silvio Berlusconi falou hoje sobre sua admiração pelo papa Bento XVI, os encontros que teve com o Pontífice e disse que ficou "muito surpreso" ao saber de sua vontade de deixar o cargo.    

"Admiro muito este Pontífice, que conheci há muitos anos durante o funeral de don Giussani, em Milão, quando ele ainda era cardeal. Ratzinger subiu ao púlpito e fez uma homenagem extraordinária", disse Berlusconi, durante uma entrevista à rádio italiana RTL.    

"Depois tive um encontro com ele como presidente do Conselho e sempre admirei sua inteligência, no sentido etimológico da palavra, ou seja, de 'intus legere' [ler dentro]. Tenho uma profunda admiração por sua doçura", explicou o ex-primeiro-ministro.    

Em relação ao sucessor de Bento XVI, Berlusconi afirmou que "não é importante a cor da pele, mas a inteligência e a fé do novo Pontífice".