Palestinos ameaçam acionar Tribunal Penal Internacional contra assentamentos

Os palestinos ameaçaram acionar Israel no Tribunal Penal Internacional caso o país construa novos assentamentos judaicos em Jerusalém Oriental - parte da cidade reivindicada pelos dois lados do conflito.

Ao falar no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), o chanceler palestino Riad Malki informou que a decisão depende do novo governo israelense (o país elegeu novo Parlamento nessa terça-feira - 22).

Os palestinos ganharam a chance de fazer parte do Tribunal Internacional após a elevação de status na ONU, em novembro passado, para Estado observador não membro.

Ao mesmo tempo, Israel tem planos de construir mais 1,5 mil casas em Jerusalém Oriental.