Jornalista britânica pagará R$ 322 mil por estourar motor de Porsche

Um jornalista britânico do setor automotivo terá de pagar 100 mil libras (cerca de R$ 322 mil) por ter “estourado” o motor de uma réplica rara de corrida de um Porsche 917, segundo informa o jornal Daily Mail. Depois da decisão de um tribunal de Justiça, o jornalista Mark Hales afirmou que seria sua falência e agradeceu aos seus leitores, que se propuseram a fazer uma “vaquinha” para ajudar no pagamento.

De acordo com a publicação, Hales emprestou a réplica de corrida do Porsche 917 do ex-piloto David Piper e pretendia fazer um comparativo com uma Ferrari de corrida, de propriedade do baterista do Pink Floyd, Nick Mason. Porém, quando tentou passar da segunda para a terceira marcha do Porsche, o engate não entrou e o motor superacelerou, causando a quebra.

Hales ainda teria entrado em um acordo informal com o dono para não pagar o prejuízo, já que não teria sido um dano por acidente, mas sim mecânico. No entanto, o tribunal não entendeu assim e disse que a culpa foi do jornalista. Piper desembolsou 37 mil libras pelo conserto do motor e vendeu o modelo no ano passado por 1,3 milhão de libras (cerca de R$ 4,1 milhões), conforme o jornal.