Crise na Síria é tema de reunião na ONU

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, discute hoje (21) com o emissário especial das Nações Unidas e da Liga Árabe à Síria, Lakhdar Brahimi, a crise que se estende há quase dois anos na região. A reunião deve ocorrer a partir das 14h30 em Nova York. No próximo dia 29, o tema deve ser assunto da uma reunião no Conselho de Segurança da ONU.

Brahimi se reuniu com o presidente da Síria, Bashar Al Assad, e os líderes da oposição, além dos responsáveis pela diplomacia dos Estados Unidos e da Rússia. Há duas semanas, Assad apresentou como solução para a crise a elaboração de uma nova Cnstituição, a promoção de eleições legislativas e a consolidação de um novo governo. Porém, rejeitou negociar com a oposição.

A proposta de Assad foi recusada pela ONU por considerar que ela não contribui para uma solução que conduz ao fim da crise. Os conflitos na Síria começaram em março de 2011 e, segundo organizações não governamentais, provocaram mais de 60 mil mortos.