Modelo brasileira é encontrada morta na China

A modelo brasileira Camila Bezerra, 22 anos, foi encontrada morta na manhã da última terça-feira (horário local), no bairro de Tianhe Dong, em Guanzhou, na China. O Itamaraty já está ciente do ocorrido e informou que o consulado brasileiro no território chinês irá prestar toda a assistência à família, que mora em Fortaleza, no Ceará.

A também modelo brasileira Brysa Kelly, 20 anos, que era vizinha de Camila no prédio em Tianhe Dong, afirmou que viu o corpo da cearense da janela do apartamento. “Por volta das 9h30, a Nicolle (amiga que morava com Camila) viu que a janela do banheiro estava aberta e foi ver o que tinha acontecido pois está muito frio e não deixamos a janela aberta. Foi então que ela viu o corpo da Camila lá embaixo”, afirmou Brysa.

“Ela nos chamou e vimos que era a Camila. Ficamos em choque. Achamos estranho porque ela não tinha depressão nem nada disso. Ligamos para a agência e eles chamaram a polícia, que colocou um produto no banheiro para saber se havia digital de outra pessoa. Mas a polícia descartou assassinato porque não tinha digital de ninguém sem ser da Camila. Achamos que foi suicídio”, completou.