Autoridades russas discutem soluções para a crise na Síria

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, tem uma série de reuniões hoje (29) com o emissário das Nações Unidas e da Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi, em busca de uma solução negociada entre o governo e a oposição sírios. Há 21 meses a Síria vive em clima de guerra devido à disputa política entre o governo do presidente sírio, Bashar Al Assad, e da oposição.

Os governos da Rússia, da China e do Irã são os principais aliados de Assad e tentam impedir a intervenção externa. Paralelamente, o Quarteto (Estados Unidos, Rússia, União Europeia e Organização das Nações Unidas) busca negociar um acordo de paz na região. O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, considera a atuação do Quarteto inoperante e costuma apelar para que a ONU entre em ação.

A crise na Síria levou a comunidade internacional a definir uma série de sanções ao governo Assad, mas o clima de guerra não cessa. A população civil, segundo especialistas, é o principal alvo dos ataques no país. A estimativa é de que mais de 40 mil pessoas tenham morrido nos 21 meses de conflitos no país.