Radialistas que aplicaram trote em hospital de Kate pedem desculpas

Os dois radialistas australianos que aplicaram um trote no hospital King Edward VII, onde a duquesa Kate estava internada, pediram desculpas nesta quinta-feira. Michael Christian e Mel Greig, apresentadores da 2Day Australian, "imitaram" a rainha Elizabeth II e o príncipe Charles e conseguiram falar com a enfermeira particular de Kate.

A funcionária revelou informações confidenciais sobre o estado de saúde da mulher do príncipe William, que espera um bebê e foi internada com hiperêmese gravídica, uma condição que provoca crises de vômitos. "Ela está dormindo no momento e teve uma noite tranquila", disse a enfermeira. "Ela tem recebido fluidos e está estável", afirmou ela. A conversa foi ao ar ao vivo na rádio.

O trote fez com que o hospital anunciasse que revisaria os protocolos de telefones. Os radialistas postaram no Twitter pedidos de desculpas. Michael Christian escreveu: "sobre a nossa ligação de trote à realeza... nós ficamos muito surpresos que nossa chamada foi aceita, pensávamos que desligariam assim que ouvissem nossos terríveis sotaques. Nós sentimos muito se causamos qualquer problema e estamos felizes em ouvir que Kate está bem".

Mel Greig também pediu desculpas pelo Twitter: "nós pensamos que desligariam quando ouvissem nosso péssimo sotaque, nos arrependemos muito se causamos qualquer problema a Kate ou à enfermeira.

Kate sai do hospital

A duquesa de Cambridge recebeu alta e deixou o hospital King Edward VII nesta quinta-feira, após três dias internada. Ao sair, acompanhada do príncipe William, Kate disse que estava "muito melhor".

Em um comunicado, o Palácio de Saint James informou que agora ela vai passar um período de descanso no Palácio de Kensington. "Sua Alteza Real gostaria de agradecer à equipe do hospital pelo cuidado dispensado à duquesa", informou o palácio.

A gravidez de Kate foi anunciada na última segunda-feira, de forma antecipada devido à internação da duquesa. A condição que provocou a crise de vômitos é mais comum em mulheres com gravidez múltipla, o que gerou especulações sobre a possibilidade de Kate estar esperando gêmeos.