Ban Ki-moon: obra de Niemeyer na ONU é "legado para o mundo"

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon lamentou a morte de Oscar Niemeyer e enalteceu a vida e a obra do arquiteto brasileiro. Em nota publicada nesta quinta-feira, endereçada à família de Niemeyer, ao governo e ao povo brasileiros, Ban elogiou seu engajamento e agradeceu por seu trabalho na Sede da ONU em Nova York.

"A carreira de Niemeyer foi excepcionalmente longa e ilustre, mas o que fez dele um excelente arquiteto não foi apenas o seu vigor e talento. Ele imbuiu seu trabalho com um forte senso de humanismo e engajamento global", diz a nota. "Seu trabalho na concepção da Sede das Nações Unidas se destaca como seu legado para o mundo."

Oscar Niemeyer integrou a equipe de arquitetos que projetaram a sede da Organização das Nações Unidas (ONU), inaugurada em 1952 em Nova York. Trata-se, nas palavras de Ban, "uma casa bonita e inspiradora na qual realizamos nosso trabalho de servir a toda a humanidade."