Chanceler diz que Chávez reage bem a tratamento de combate ao câncer

Brasília – O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Nicolás Maduro, apelou para que a oposição e os adversários do presidente venezuelano, Hugo Chávez, respeitem o tratamento de saúde a que ele se submete em Havana, capital cubana. Maduro disse que Chávez reage bem ao tratamento de combate ao câncer e à fisioterapia. Chávez é esperado em Brasília no próximo dia 7 para a Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul.

Segundo o chanceler, o presidente venezuelano “continua melhorando e fortalecido para governar o país nos próximos seis anos”. Ele foi reeleito em outubro, quando venceu o candidato de oposição Henrique Capriles em uma disputada eleição.

Na semana passada, Chávez foi para Havana para mais uma etapa do tratamento de combate ao câncer. No começo deste ano, o presidente  submeteu-se a uma cirurgia para a retirada de um tumor na região pélvica. Em 2011, ele havia feito também uma cirurgia para a retirada de um tumor, que reincidiu.

Após a cirurgia, o presidente seguiu uma série de recomendações médicas, reduzindo a agenda pública e as aparições. Apesar das restrições, Chávez fez campanha e conquistou mais um mandato. Em julho, ele esteve em Brasília para formalizar o ingresso da Venezuela no Mercosul.