Israel suspende repasse de fundos a palestinos

O ministro das Finanças de Israel, Yuval Steinitz, disse hoje (2) que o país não vai transferir para os palestinos os fundos arrecadados este mês com impostos, em resposta à aprovação do novo status palestino na Organização das Nações Unidas (ONU).

>> Milhares de pessoas recebem Abbas após reconhecimento da Palestina

Steinitz disse que o dinheiro - estimado em US$ 120 milhões - será usado para amortizar uma dívida que a Autoridade Palestina tem com a companhia de eletricidade israelense. Na sexta-feira (30), Israel anunciou que dará seguimento a um projeto de construção de mais casas israelenses em territórios palestinos.

O presidente palestino Mahmoud Abbas disse hoje, em discurso para milhares de pessoas na Cisjordânia, que o seu povo "possui um Estado agora". Abbas foi recebido como herói ao voltar para a Cisjordânia após viagem à ONU,  em Nova York.

Em seu discurso em Ramallah, Abbas disse que o caminho foi longo e cheio de pressões, mas que o povo palestino resistiu e venceu. Ele pediu a reconciliação do povo palestino, em referência às divisões entre a Autoridade Palestina, na Cisjordânia, e o Hamas, na Faixa de Gaza.