Bangladesh: 124 mortos após incêndio em fábrica

O fogo queimou oito andares empresa Tazreen Fashions

Pelo menos 124 pessoas morreram após um incêndio atingir nesse sábado uma fábrica têxtil nos arredores de Daca, capital de Bangladesh. O fogo se estendeu com rapidez pelos oito andares do edifício operado pela empresa Tazreen Fashions. Neste domingo, o diretor de operações dos bombeiros, major Mohammad Mahbub, afirmou que 100 corpos já foram recuperados.

Mahbub acrescentou que outras 12 pessoas que haviam ficado feridas após pular do prédio para escapar do incêndio morreram em hospitais da região. O número de mortos ainda pode aumentar, uma vez que ainda estão sendo realizadas buscas por novas vítimas.

O oficial disse que soldados e guardas de fronteira foram convocados para ajudar a polícia a manter a situação sob controle no local, uma vez que muitos parentes de funcionários estão na fábrica em busca de informações. O major não informou o número de pessoas desaparecidas. Outros cem trabalhadores ficaram feridos, segundo declarou ao jornal The Daily Star o oficial de polícia SM Badrul Alam, da delegacia de Ashulia.

O incêndio começou no térreo do edifício, localizado na Zona de Processamento de Exportações dos arredores de Daca, e dali se espalhou rapidamente até o quarto andar, enquanto alguns trabalhadores da fábrica corriam para se refugiar na cobertura do prédio, de onde foram resgatados aproximadamente 50 deles.

Segundo o diretor-geral da brigada anti-incêndios, Abu Naeem Mohammad Shahidula, o fogo pode ter sido causado por um curto-circuito, embora sua equipe esteja dependendo do que possa determinar a investigação, já aberta.

Bangladesh possui cerca de 4 mil fábricas de roupas, muitas das quais não possuem medidas de segurança adequadas. O país tem uma receita de aproximadamente US$ 20 bilhões por exportações de peças de vestuário, cujos destinos principais são Europa e Estados Unidos.

Com informações das agências AP e EFE