Farc declaram cessar-fogo unilateral por 2 meses

Anúncio foi feito após a chegada de uma delegação da guerrilha a Havana, em Cuba

Brasília - As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) decretaram um cessar-fogo unilateral de dois meses para facilitar as negociações de paz com o governo colombiano. O anúncio foi feito após a chegada de uma delegação da guerrilha a Havana, em Cuba, para dialogar com representantes de Bogotá.

"O Secretariado das Farc, acolhendo o imenso clamor de paz dos mais diversos setores do povo colombiano, ordena que unidades da guerrilha em todo o país cessem todas as operações militares ofensivas contra forças oficiais e também os atos de sabotagem contra a infraestrutura pública e privada durante o período de 20 de novembro de 2012 a 20 de janeiro de 2013", diz o comunicado do grupo rebelde, lido por seu negociador-chefe, Iván Márquez.

Representantes das Farc e do governo do presidente Juan Manuel Santos retomaram as negociações de paz no mês passado, na Noruega, alimentando esperanças de que o conflito, que dura mais de seis décadas e matou milhares de colombianos, possa finalmente chegar ao fim.