Guarda ferroviário é condenado por morte de jovem em trilhos

A jovem caiu no vão da plataforma quando o trem entrou em movimento

O guarda ferroviário Christopher McGee, 45 anos, foi condenado a cinco anos de prisão, pela morte de uma jovem que foi esmagada por um trem em Liverpool, segundo informações do jornal britânico The Sun. O funcionário teria dado sinal para o trem sair da plataforma, enquanto Georgia Varley, 16 anos, estava encostada nele. Ela caiu sob o trem e morreu.

De acordo com a publicação, Georgia estava alcoolizada e teria saído do trem na plataforma errada. Como os amigos dela ainda estavam dentro do vagão, ela se apoiou no trem para tentar retornar. A jovem caiu no vão quando o trem começou a se mover. O guarda pensou que ela havia se afastado do trem e por isso deu sinal de partida. Ele foi condenado por negligência, já que era sua decisão liberar a saída do trem, segundo o jornal.