Polícia italiana prende duas pessoas por violência racial no Facebook 

ALEXANDRIA, - A polícia de Solero, localidade da região do Piemonte, no norte da Itália, prendeu hoje um pai e um filho que incitavam a violência racial através do site de relacionamentos Facebook.

Gianfranco Spinacorona, de 46 anos, e seu filho Mattia Vincenzo, de 27, possuíam um pequeno arsenal composto de, entre outras coisas, duas armas de fogo, um bastão com a imagem do ditador fascista italiano Benito Mussolini, munições, uma espada e um punhal.

No Facebook, eles haviam publicado uma imagem de alvos com a inscrição "economizem os alvos, utilizem os 'Rom'", fazendo referência aos ciganos romenos.

Os dois são acusados de incitação à violência e atos de provocação por motivos raciais, étnicos, nacionais e religiosos, além de posse de armas.

A ação da polícia foi realizada após a denúncia de um cidadão, cuja identidade não foi divulgada, por frases de injúria e difamação contra ele no Facebook.