Índia: armas de destruição em massa são "grande desafio" para o mundo 

O Governo da Índia afirmou que a proliferação das armas de destruição em massa representa um grande desafio para a comunidade internacional. A afirmação foi feita durante a Conferência sobre Desarmamento, que está ocorrendo na sede da ONU, em Genebra.

Segundo a embaixadora da Índia, Sujata Mehta, todos os países devem concordar com o princípio da transparência. Segundo ela, a transparência é uma ferramenta necessária para promover confiança mútua entre os Estados.

Mehta lembrou ainda em seu discurso que a Índia é vítima do terrorismo. O país classificou a transferência de armas de destruição em massa para atores não-estatais e terroristas de "perigo catastrófico".

A Índia está trabalhando numa resolução para a Assembleia Geral da ONU, desde 2002, com o objetivo de evitar que armas deste porte caiam em mãos de terroristas.

Além da Índia, discursaram no encontro representantes da Argélia, da França, da Grã-Bretanha e do Irã entre outros.

A Conferência sobre Desarmamento termina em 7 de setembro.