Média é de um policial morto a cada 10 dias em Buenos Aires neste ano

Mais um policial foi morto nesta segunda. Já são 22 policiais mortos em 2012.

O policial federal Guillermo Amaro, de 47 anos, foi morto nos arredores de Buenos Aires enquanto estava dentro do carro com sua mulher. Já é o 22º assassinato de policiais na capital argentina em 2012. Os criminosos fugiram. 

O crime aconteceu na madrugada de segunda para terça-feira. Ainda há investigação se um jovem de 17 anos, encaminhado ao hospital de Ezeiza logo depois do crime, estaria entre os assassinos. 

Segundo a mulher que acompanhava o policial, os jovens pareciam ser menores de idade. Enquanto Amaro conversava no carro com sua mulher, três jovens bateram na porta de seu Ford Scort e anunciaram o assalto. 

Sem demora, o policial se identificou e sacou sua arma, iniciando o tiroteio. O tiro fatal veio de uma pistola calibre 9mm e atingiu o policial na altura da axila. Guillermo Amaro morreu no local.