Secretário de Defesa dos EUA: ataque em Aleppo é "prego no caixão" de Assad

Leon Panetta, secretário de Defesa dos Estados Unidos, afirmou neste domingo que o ataque de Bashar al-Assad contra a população de Aleppo representa um "prego no caixão" do mandatário.

"Aleppo é outro exemplo claro do tipo de violência indiscriminada que o regime de Assad cometeu contra seu próprio povo", afirmou Panetta a jornalistas em um avião militar a caminho da Tunísia, primeira escala de um giro internacional que o levará ainda ao Egito, a Israel e à Jordânia. 

Panetta destacou que os ataques contra a população podem levar ao fim do regime sírio. "Ele apenas está assegurando que o regime terá um fim devido ao tipo de violência que está praticando contra seu próprio povo", acrescentou. Segundo o secretário, Assad perdeu a legitimidade. "Não é mais uma questão de se o regime vai cair, mas de quando isto ocorrerá", acrescentou

Os combates entraram no segundo dia com uma violenta ofensiva governamental. Duzentos mil civis fugiram, segundo as Nações Unidas, e muitos estariam presos depois que Assad enviou tanques e helicópteros de ataque para tentar expulsar os rebeldes.