Peru resgata 11 crianças reféns do Sendero Luminoso  

LIMA - O presidente do Peru, Ollanta Humala, anunciou a libertação de 11 crianças que eram reféns do grupo Sendero Luminoso.

A operação de resgate das crianças, com idade entre 2 e 7 anos, foi conduzida por militares peruanos e resultou na prisão de dez guerrilheiros.

O Sendero Luminoso sequestra crianças para treiná-las para serem futuros membros do grupo, que vive em florestas e possui ligações com carteis de drogas, segundo fontes locais.

"Salvamos as crianças, capturamos os delinquentes e recuperamos armas de guerra", disse Humana, em um pronunciamento na televisão.