Clima de violência predomina durante eleições legislativas na Síria 

O clima de violência e de confrontos predomina hoje (7) na Síria no momento em que ocorrem eleições legislativas. Os eleitores vão escolher 250 deputados entre 7.195 candidatos. A emissora estatal de televisão síria mostrou imagens de pessoas votando. São 12 mil zonas eleitorais em todo país, cuja votação terminará às 20 horas (por volta das 14 horas de Brasília).

Em Hama (no Centro da Síria), Idleb (Noroeste), Deraa (Sul) e em alguns dos bairros de Damasco, capital do país, manifestantes saíram às ruas, segundo a organização não governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Há 14 meses, ações de violência atingem a síria. Organizações não governamentais e partidos de oposição exigem a renúncia do presidente sírio, Bashar Al Assad. Para os oposicionistas, Assad desrespeita os direitos humanos e impede as liberdades de expressão e imprensa.

A nova Constituição, aprovada por referendo em fevereiro, eliminou o artigo que atribuía ao partido Baas (no poder desde 1963) o papel de dirigente na sociedade. No novo texto, foram criados nove partidos, sete dos quais apresentaram candidatos.