Turista entra em jaula para acariciar guepardo e é atacada 

Uma turista britânica se fingiu de morta para evitar ser atacada até a morte por um guepardo supostamente domesticado. O episódio aconteceu em um parque de vida selvagem sul-africano. Violet D'Mello, 60 anos, foi derrubada pelo felino ao entrar no local onde os visitantes são convidados à fazer carinho nos animais. As informações são do Daily Mail

A dona de casa foi levada ao hospital imediatamente após o ocorrido. "Foi assustador e muito rápido. Num minuto eu estava com os guepardos, em seguida eles estavam mordendo minha cabeça. Eu fui jogada no chão e tive que me fingir de morta enquanto minhas pernas e estômago eram atacados." Um guia do parque conseguiu afastar o segundo felino de Violet, mas o primeiro voltou à briga.

Somente quando um grupo de visitantes puxou os animais para longe Violet conseguiu sair. Surpreendentemente, o marido da dona de casa, Archibald D'Mello esteve do lado de fora durante o ataque, de onde conseguiu tirar algumas fotos.

Após o ataque, o gerente do parque, Mike Cantor, levou Violet para o hospital, onde ela recebeu pontos na cabeça e tratamento para os danos causados em seus olhos e pernas. Camryn Malan, 8 anos, também foi mordida, precisando levar pontos na perna.

Cantor explicou que cria os dois guepardos, ambos com 4 anos, desde o nascimento dos animais. "Eu cresci com esses guepardos, e eles não são animais agressivos. É como se eles quisessem brincar com aquela mulher. O que aconteceu foi que uma menina ficou um pouco tensa e fugiu, então o guepardo tentou pegá-la. O problema é que guepardos, assim como cachorros, não têm garras retráteis, por isso machucaram tanto. A outra moça Violet foi ajudar, e os animais provavelmente pensaram que era uma brincadeira", afirma.

O especialista em grandes felinos Graham Kerley, do Centro para Conservação da Ecologia Africana, avisou os turistas que guepardos podem ser mais agressivos com crianças do que com adultos, e adverte que os pais não devem deixar os filhos muito perto dos animais.