Propaganda olímpica argentina acirra rivalidade por Malvinas

Uma propaganda olímpica do governo argentino causou polêmica entre os britânicos esta semana. As imagens mostram o jogador de hóquei Fernando Zylberberg, do país sul-americano, treinando nas ruas de Port Stanley, nas Ilhas Malvinas. Ao final do vídeo, é veiculada a frase: "para competir em solo inglês, treinamos em solo argentino". As informações são da CNN.

Segundo o veículo, ao mesmo tempo que a propaganda dá atenção para os atletas argentinos que se preparam para a Olimpíada de Londres, faz uma declaração política sobre a Guerra das Malvinas. Após a derrota no confronto de 74 dias em 1982, os argentinos continuam pleiteando soberania sobre o local.

O ministério do Exterior do Reino Unido se manifestou a respeito do caso, classificando como lamentável a iniciativa argentina de "explorar" os Jogos Olímpicos - evento ligado à área de esportes e não política. Conforme informa a CNN, o gabinete acrescentou que a população das Ilhas Malvinas é britância por escolha própria.

Membro da Assembleia Legislativa das Ilhas Malvinas, Ian Hansen destacou que o vídeo foi filmado sem autorização das autoridades locais. Ele acrescentou que a população das Malvinas determina seu próprio futuro, e que não será intimidada pelo governo argentino e suas tentativas de "deturpar" a verdade.

Segundo a CNN, um artigo publicado na Telam, agência estatal de mídia argentina, apontou que a propaganda, qualificada como "impressionante", esteve longe de qualquer conotação militar, e faz parte das políticas do governo em relação às Malvinas, para manter o pleito pela soberania por meios pacíficos.